O meu marido tem um horta

image

Apesar do sol marcar a sua presença de uma forma mais consistente há apenas três dias, as jovens plantações parecem ter vingado. Parecem não! Vingaram mesmo! Alface e pepino já fizeram as hostes de um delicioso almoço de Verão. A horta vai, assim, de vento em poupa!

image

O esforço, a atenção e trabalho diários para manter a boa saúde das culturas deve-se única e exclusivamente ao meu marido, já que hoje foi o primeiro dia em que dei o meu contributo direto. Ajudei a prender as canas por onde treparão os tomateiros. É um trabalho minucioso e necessário, segundo o que me foi explicado após eu confessar que achei que ajudei em muito pouco.

E esta afirmação remeteu-me para uma verdade: quem não é sério no pouco, não o será no muito. Isto porque tudo o que é grandioso é feito de pequenos passos!
De dia para dia, há semanas, as pequenas sementes, com rega regular e vigia diária, estão a transformar-se em grandes legumes.