O meu marido tem uma horta – 2

Ainda que a horta seja um trabalho diário, não a comento todos os dias. Umas vezes é porque o tempo não me permite, outras vezes porque o tempo me permite dar-lhe a devida atenção. Hoje, consegui viver a horta e deixar aqui o registo. Que privilégio!

A manhã começou com pescaria, já que o feijão verde se transforma em peixinhos da horta bem gulosos! Enquanto apanhávamos o feijão verde, os tomates maduros sobressaíam por entre as ramas. Quem diz os tomates, diz os pepinos, as cebolas, o alho francês e os pimentos!

Este é um trabalho árduo que vale o esforço. Que perdurem as deliciosas saladas que temos degustado!

Quem planta e quem rega são um só, mas cada um receberá a sua própria recompensa, segundo o seu próprio trabalho.

Anúncios