O amor é o condimento

Catorze anos passaram desde esta fotografia

Viver a amar-te era, então, o que mais queria.

Amor e uma cabana moldavam a coreografia

Pouca coisa, ou mesmo nada, sabia sobre mim,

Sobre nós, sobre o mundo, sobre tudo, enfim…

Catorze anos passaram desde esta fotografia.

Viver a amar-te era o que mais queria.

De tantos retratos porque este escolhi?

Para que um dia, se o contemplares sem mim,

Que a saudade sentida seja a da certeza

Que viver a amar-te morri.

Catorze anos passaram desde esta fotografia.

Viver a amar-te é um desejo que se repete, hoje ainda, dia após dia.

Foto de Thomas Kinto no Unplash

Anúncios