A TERCEIRA INDIA de Iris Bravo

Romance A Terceira India de Iris Bravo

Andava eu a deambular pelas margens do Instagram, quando me deparei com a autora Iris Bravo e o seu anunciado romance, A Terceira India.

O livro

O romance A Terceira India , da Cultura Editora, chegou um dia depois desta descoberta. Foi o primeiro livro que me foi oferecido e pela própria autora, Iris Bravo, cuja entrevista podes ler aqui.

Um segredo mudará a sua vida para sempre.

Esta frase sugere mistério, a capa convida-nos à viagem e o título insinua uma incógnita. Como gosto destas componentes juntas! Quanto à sinopse, não faço ideia. Como sabes, escolho não ler, mas ei-la aqui na contracapa.

A contracapa do romance A Terceira India Iniciei, então, a minha leitura e travei de imediato conhecimento com a Sofia. Aventureira e corajosa, a protagonista leva-nos por Portugal, Espanha e Moçambique ao ritmo de amores e dissabores, em meio a temas tão atuais como a infertilidade e as diferenças sociais, entre outros. Como a obsessão de querermos a única coisa que não temos, pode levar-nos a corroer e a desequilibrar o que de bom já desfrutamos. Para além da Sofia, o Ricardo e o Alex são dois personagens que não vais esquecer.

De escrita fluida, Iris Bravo passeia-nos por uma narrativa muito bem construída. Do enredo às personagens e do espaço ao tempo, A Terceira India é uma leitura cativante.

O livro é composto de duas partes intituladas Portugal e Moçambique respetivamente. Algures no fim da primeira parte, lê-se o seguinte:

 

Era muito possível que a melhor parte da minha vida estivesse no meu passado, mas não havia de lá voltar. 

Estaria a protagonista assim tão certa? Vou deixar-vos descobrir!

A minha opinião

Em conclusão, só me ocorrem duas palavras: bravo, Iris!

Este livro de 483 páginas distraiu-me, divertiu-me e frisou em mim a importância de lutar contra o “achar” os sentimentos, pensamentos e conclusões dos outros a favor do “ter a certeza”. Por outros termos, frisou a importância da comunicação nas relações.

Ainda bem que li o livro antes de ser tão bem falado, caso contrário não teria tido este deleite tão depressa. Quando o alarido à volta de um livro é muito, o leitor desconfia, eu, pelo menos! Todavia, há exceções e este romance é uma delas. Vale todo o alarido!

Por fim, comum à maioria das pessoas que viajaram por esta leitura, o sentimento de vazio no fim da história é incontornável: e agora?

Agora?  Agora só nos resta aguardar o próximo livro desta promissora autora. Junta-te a nós, nesta entusiasmaste espera!

Boa leitura!

1 Comment

Deixe uma resposta

*