RED de Sara Marques

RED de Sara Marques

Esta foi uma leitura que me fez recordar os meus 20 anos e as revoluções a que me entregava dia-a-dia.

O livro

RED de Sara Marques, 1ª edição, julho de 2020  pela EMPORIUM Editora.

RED de Sara Marques

O primeiro livro desta autora de língua portuguesa, que poderão conhecer melhor aqui, dispõe de 343 páginas da história da protagonista Sarah, que encontra nos livros o refúgio para a dor trágica de perder mãe e irmão. Até conhecer um grupo de amigos que lhe vão revolucionar a vida ou ela a eles!

 

Sara Marques, a autora, refere na sua biografia que a sua fonte de inspiração terão sido a cidade revolucionária onde nasceu aliada às suas ideias excêntricas. De facto, surpreendeu-me a ideia de todo o contexto da história e das saídas que Sara proveu às várias personagens.

 

Um enredo repleto de pontos de viragem em que, a par e passo com as suas personagens, acreditamos, duvidamos, sustemos o fôlego, amamos e vamos à luta. Os diálogos são presença marcante ao longo destas páginas, tanto para nos divertir como, também, para nos revelar segredos cruciais.

 

A minha opinião

Enérgico e consistente são os primeiros adjectivos que me ocorrem quando penso no RED.

Enérgico pelo ritmada narrativa. Entre descrições e diálogos, a história vai avançando a bom ritmo sem deixar nada para dizer e sem nada dizer em demasia.

Consistente pela viçosa coragem da protagonista que procura sempre algo para fazer para melhorar a vida de quem a rodeia.

Sarah lembrou-me os meus vinte e poucos anos e a confiança de que tudo era possível, ainda que os obstáculos se impusessem. Hoje continuo com energia, porém aprendi que nem todas as lutas valem o desgaste. A luta maior tem sido, sem sobra de dúvida, a da descoberta de mim mesma e do que me faz verdadeiro sentido. 

 

Já tiveste oportunidade de ler este livro? O que achaste?

Deixe uma resposta

*