“Esquece Quem Eu Sou” de S.Catarina Gomes

No passado fim de semana viajei pelo Porto através das páginas do primeiro livro da jovem escritora S. Catarina Gomes. Por não saber o que me esperava, iniciei esta viagem de 285 páginas pé ante pé, para a seguir alargar o passo, correr e acabar por terminar a leitura num ápice! Este facto deve-se a uma escrita simples, natural e cuidada, recheada de diálogos, que dá vida e forma a uma narrativa talentosamente bem construída. As descrições não nos detêm em pormenores sem importância, porém também não descuidam elementos necessários para encadear os acontecimentos uns nos outros.

Rita é uma jovem mulher de 24 anos bem sucedida. Determinada, nada lhe parece impossível de alcançar, a não ser o que ela não consegue controlar como por exemplo um trágico acidente e o seu próprio coração. Misterioso, atraente e aparentemente arrogante, Ian é o novo vizinho do andar de baixo que insiste em atormentar a protagonista desta trama, mesmo sem querer…

O lado de confissão com que a protagonista, por ser também a narradora, nos envolve na história, transforma-nos em cúmplice das suas certezas, inseguranças, medos, entusiasmo e, por consequência, prende-nos à leitura até ao desfecho do turbilhão de emoções que advém das suas vivências. Vivemos mais de perto o que lemos. Vivemos mais de perto a vida de Rita. Evadimo-nos da nossa.

Quanto ao género a que se propõe a Catarina, nunca tinha lido um livro deste tipo, nem português, nem estrangeiro. Confesso que receei a linguagem, porém o erotismo nunca foi desmesurado. Aconteceu quando naturalmente aconteceria numa relação como a que vemos crescer dentro da trama.

De página em página, de situação em situação, de diálogo em diálogo, as emoções foram uma constante. Recomendo a leitura por ser leve, agradável, divertida e marota! Porém, permitam-me o alerta: quem se atrever a ler este livro contrariará, ao certo, o pedido anunciado no título.

Que se pronunciem todos aqueles que já o leram! Aguardo os vossos comentários!

Boa leitura!

Deixe uma resposta

*